4.21.2009

A ver vamos...

Este espaço já recebeu alguns prémios. Sempre os guardei e agradeci, sentidamente, mas nunca os publiquei. Não sou muito de prémios, sabem? Gosto de os receber, não pelo "prémio" em si ou pelo "pseudo orgulho" (que, sinceramente, não despoleta minimamente em mim) mas pelo que possivelmente representaram em quem os envia. 

A curiosidade de saber que, de alguma forma, algo meu as tocou. Isso é para mim o verdadeiro prémio. Que algo foi importante ao ponto de levar a uma acção. Por mais pequena. Um ténue sinal de afecto. Um pequeno calor. É esse o milagre da comunicação. É esse um dos prazeres da partilha, do que aqui se publica. 

Confesso, que sempre me surpreendo, por simplesmente nunca os esperar. Confesso que, na maioria das vezes, até me sinto um pouco incomodado (no bom sentido), por achar, na larga maioria das vezes, não o merecer. 

Escrevo simplesmente e somente o que sou. O que me diz algo. O que sinto. O que me transporta. E, estou em crer nada haver a permear no que é, tão somente, natural. Escrevo para mim (pelo menos assim comecei),  mas cada vez mais, estou em crer, também, que escrevemos sempre para alguém (mesmo que subconscientemente). Alguém que por vezes nem existe. 

Escrevo porque me dá prazer. Escrevo coisas reflectidas e outras puramente instintivas, às vezes sem pretenso sentido. Parvas até. Escrevo, muitas vezes, por mera necessidade. Por urgência do corpo. Porque tem de ser. O tem de ser tem (de facto) muita força. Sabem? Estou em crer que sim. Que o sabem muito melhor que eu. Que tantas vezes nada sei. 

Obrigado pelos vosso prémios carinhosos. Não levem a mal não os publicar. Blog que é blog tem que ter prémios, já me disseram. Vou fazer uma coisa. Pelo menos tentar. Oferecer uns quantos. A ver vamos...

2 comentários:

disse...

E espero que a escrita por aqui continue por muito e muito tempo. Parabéns pelo prémio.

Dry-Martini disse...

"o tempo não sabe nada
o tempo não tem razão
o tempo nunca existiu
é da nossa invenção
se abandonarmos as horas para nos sentirmos sós
meu amor o tempo somos nós" .)

Obrigado pelas palavras e pela visita

XinXin

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin