12.25.2010

All you need is now


[Duran Duran, All you need is now]


Querer aprisionar o mundo numa fotografia, para lhe sorver e conservar intactas todas as subtilezas e pequenos nadas invisíveis ao nosso tempo. Olha-las à distância e acariciar-lhes os cabelos infinitos. Trazer-lhe as sombras outrora ocultas no bolso das calças e puxá-las ao calor do dia numa nova luz. Observá-lo como quem trinca uma fruta sumarenta, sedosa e escorrida. Absorver-lhe o líquido que não é água nem sangue mas se mistura com o corpo - matéria invisível contida num olhar ou gesto apagado. Avivado dum nada que sempre caminhou ao nosso lado, destapando um cheiro ou uma imagem. Viver o momento intensamente, em todos os lugares e um dia, quem sabe, talvez regressar.


Já não escrevia há muito tempo. Já não ouvia estes meninos há muito também.

12.15.2010

Ho Ho Ho [versão digital]



Sei que ando quase sem tempo para nada
Sei que tenho vindo muito pouco a estas bandas
Sei que ligo pouco à época natalícia
mas também sei que não queria deixar de desejar a todos umas boas festas

12.12.2010

Cada vez gosto mais do Porto

[Rota do chá, Porto]


Cada vez gosto mais do Porto, das suas gentes e dos seus locais.
Sempre descubro novos cantos e encantos, sempre me sabe a pouco, sempre prometo voltar.

12.05.2010

Luna Pena


Saborear as palavras num som de outra rotação, quebrando estilos, quebrando regras, esbatendo as fronteiras dos estilos musicais

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin