12.13.2008

Secret garden

Um silêncio ecoando branco. Uma paz interrompida apenas por breves sons de aves exóticas. Diluído-se aos poucos na distância da paisagem. Fugindo ao tempo, numa luz quente absorvida pela pele. Mantida num calor morno, adormecendo as pálpebras.

Um jardim secreto que abre as suas portas entre dois mundos. Onde apetece entrar descalço. Sentir a frescura verde relva. O cheiro intenso e adocicado dos frutos. A frescura da água envolvendo os lábios entreabertos.

Um beijo teu, inesperado e pausado, colhe essa sede prolongando-a pela tarde fora. Deitados, lado a lado. À distância de uma mão. À distância da pele. No nosso lugar. No nosso jardim secreto.

2 comentários:

Mlee disse...

Olha, um "secret Garden" :)
Há sempre algo de sereno e profundamente íntimo e doce nos jardins secretos de cada um, não é?

xin xin

Dry-Martini disse...

Adoro jardins secretos, e tenho mesmo um .)

XinXin

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin