10.16.2008

Interessante

- “És interessante!”

Correndo o risco de parecer um pouco pretensioso, várias pessoas já me disseram isso. É curioso ouvirmos adjectivar a nossa pessoa nessa simples palavra - tão nua, tão só, tão isolada - mas que tanto agrega – o “interessante”.

Mas o que quererá dizer realmente? E que conforto traz isso, o de ser interessante? Torna-nos mais tranquilos? Mais felizes? Em pessoas melhores? Questiono-me no que poderá tocar em alguém a minha pessoa, por vezes tão distante, ausente ou reservada?

O meu interesse reside, talvez, na atenção às pequenas coisas simples? Na curiosidade extrema? No eterno questionar? Nas dúvidas tormentosas? Ou em algumas certezas (poucas)? No humor como arma para arreliar os Deuses? Na escrita como mágica libertação (de algo fundo e oculto que não sei explicar)? Nos silêncios da noite e nos banhos de Lua? No simples amor ao próximo? No desejo avassalador de paixão ou de impossível? No discurso do mar? Ou então, apenas e tão só, no que escondo no sangue?

Sim, acho que isso é mais forte que tudo. O meu interesse reside, porventura, naquilo que oculto (escondido de mim próprio). Quando tudo se revela estrangula-se irremediavelmente o interesse. Esvai-se o calor sensual da descoberta. O mistério morre frio. No esquecimento.

Agradeço o termo (carinhoso e muito sensual) mas, quer-me parecer, que nada tenho de interessante que não gostasse de me libertar. Mas gostos, como interesses, não se discutem. Logo fico-me por aqui.

9 comentários:

Mlee disse...

xxiiiiii ... Tentas retirar demasiado de uma forma isenta de te dizer que tocaste em alguém...
Há qualquer coisa em ti que, nesse alguém, causou "interesse" e isso é bom, devia chegar!
Todas as questões que colocas naquele delicioso terceiro parágrafo fazem de ti motivo de interesse e isso continua a ser bom.
Porque raio é que te havias de querer libertar de algo que te torna um homem interessante? preferias ser etiquetado de desinteressante, leia-se, indiferente?
Oh pra mim aqui a fazer o papel de gajo ... ao que uma "gaija", chega ...

Dry-Martini disse...

Mlee,

Depende do local onde colocarias a etiqueta :) Just joking. Foi só para me meter com o teu "bom comportamento" irrepreensível .)

XinXin

diabo no corpo disse...

interessante, misterioso, melodioso... só me ocorre um pensamento que li algures.

"Não há nada mais belo do que uma chave, enquanto não se sabe o que ela abre" (M.Maeterlinck)

beijo

Pearl disse...

Se alguem te diz "és interessante" é porque concerteza te achou interessante, do seu ponto de vista, do seu prisma, o que lhe mostraste interessou!
Aqui como nós nos auto avaliamos não será muito importante, afinal é opinião de terceiros!
E nós muitas vezes escondemo-nos na nossa modéstica e ainda bem que assim é!

Beijo para ti

Dry-Martini disse...

Minhas caras,

Apenas quiz dizer que penso sinceramente que parte daquilo que "passo" como "interessante" dispensaria de livre vontade. É apenas e tão só o que quiz dizer .)

XinXin

Andrómeda disse...

Hmmmm....só me ocorre um hmmm...esse texto tem muito que se lhe diga, mas fica para uma conversa privada...

Maldito... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maldito... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lilazdavioleta disse...

Interessante _ que tem interesse _.
Mas todos temos o nosso.
Para mim , ñ é pp um elogio, pq considero o termo mto vago, morno,
com pouca força e vida.
É como que " a despachar ".
Qdo alguém ou algo me " diz " , prefiro GOSTO.
É mais quente , caloroso.
Interessante , e friso, para mim , é mais ou menos " nim ".

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin