5.23.2010

Cara de anjo mau

Encheu as mãos com espuma da barba e colocou-as bem abertas, nas suas costas lindas, macias e despidas. Aproximou-se devagar, por trás, encostando o seu rosto ao dela, num abraço apertado. Sorriu-lhe baixinho, primeiro ao ouvido, depois com os olhos demorando-se dentro dos seus. Com o ar mais sério e malandro, disse-lhe, num timbre pausado, abrindo as portadas dum tempo vivo e luminoso, ainda por entrar pela janela:
- Pronto! Agora que já tens as asas do anjo que és, não digas nada e leva-me contigo ao céu.

1 comentário:

ariana luna disse...

[o céu é muito longe]

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin