12.27.2009

Deserto luminoso

Só as mãos interpretam
essa espécie de ruído
depois virão os lábios
ler o texto acendido

excerto de um poema de Gastão Cruz


Que deserto é este?
É uma luz invisível aos olhos
onde me perco, onde me encontro.

É um texto soprado, sussurrado
onde não se ouvem as palavras
onde o tempo passa, devagar

5 comentários:

continuando assim... disse...

e no deserto...o tempo não passa :)
gostei .

bom ano
um beijo
teresa

Anna Blue disse...

"No deserto, não há muito a dizer: o olhar chega e impõe o silêncio." MST

Votos de um bom ano, em que os silêncios sejam preenchidos com o olhar de quem sente.

Pi disse...

Querido Dry-M,

desejo-te um óptimo 2010, cheio de poesia, inspiração e alguns sonhos realizados!!

beijo grande,

Nanny disse...

Bela imagem e belas as palavras também... as tuas e as do Gastão!

Vim deixar-te um beijinho de Boas Festas, um 2010 cheio de coisas boas!

Maria Manuela disse...

E pensar que fui aluna desse Senhor. É verdade!

:)

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin