5.17.2009

Perspectivas ou o desafio espelhado

Numa das primeiras formações que tive, no já longínquo início de carreira profissional, fiz um pequeno jogo que achei curioso e que nunca esqueci. Foi uma formação longa e, logo na primeira sessão, antes de conhecermos qualquer dos elementos do grupo, apresentámo-nos individualmente (de forma muito breve. Sucinta), e cada um escreveu num pequeno papel uma descrição sumária dos principais traços da personalidade que cada um dos participantes nos suscitava. 

Esses papeis foram religiosamente guardados para serem revelados apenas no final da formação, que durou cerca de 4 meses num regime bastante intensivo, permitindo, consequentemente, um relativo bom conhecimento dos elementos do grupo (ninguem se conhece completamente). Cada um leu depois o que escreveram sobre de si. 

Este simples e curioso jogo permite perceber as grandes diferenças que podem existir da ideia pré-formada duma imagem inicial ou primeira impressão (quantas vezes errada). Mas não só. Permite também aferir que, muitas vezes, a imagem que temos de nós próprios nem sempre é percepcionada da mesma forma pelas pessoas com as quais interagimos. Por vezes, até com as mais próximas. As mais chegadas.

Este pequeno episódio, que partilho, fez-me pensar nos que me acompanham por estas bandas: alguns muito recentemente, outros fiéis seguidores, de longa data. Alguns que conheço mal, outros que conheço já o suficiente (alguns até - poucos- que tive o prazer de conhecer pessoalmente). Fez-me pensar na questão: Como me vêm? O que transmito para os outros? Será que me vêm de uma maneira muito diferente de como me sinto? De como me vejo? De como gostava que me vissem?

Gostava assim, que aceitassem o desafio de escrever umas linhas (ou adjectivos) sobre o que vos transmito. Quais os mais vincados traços de personalidade que vos faço passar. 

Notem que não pretendo um exercício narcísico ou de elevação do ego, antes pelo contrário, gostava de sinceridade e crueza absoluta. E, não gostando, por ai além de desafios, gostava, desta vez, que o pudessem fazer.

É este o desafio que vos lanço. É este o desafio que talvez gostassem de vos fazer a vós próprios. Fica o desafio...

22 comentários:

Andrómeda disse...

Two words for you, Merlin, de quem o conhece já relativamente bem: catavento e fidelidade - uma mistura positiva e negativa e para que reflicta ;) (com todo o carinho)
E agora, passe lá por casa e diga de sua justiça, também quero saber a verdade crua.
Bjs
M

Anónimo disse...

és anti comunista

© disse...

és a imaginação em estado puro!

Pi disse...

Sim, as aparências iludem, e as primeiras impressões também!

Quanto a ti, "love at first sight", ou será ao teu blog? os dois confundem-se, e eu acho-te interessante porque escreves coisas bonitas que me fazem sorrir e pensar.
Profundo q.b, mas com sentido de humor; de bem com a vida, mas sempre e ainda à procura de algo....
Sei lá que mais, ...! esta primeira impressão ainda não desvaneceu...
às vezes não nos enganamos.
Bem,
Um beijo,

SF disse...

Muito havia a dizer sobre si, meu caro. Tanto a dizer, que este não é o momento, nem o local.
Teremos tempo ;)

XinXin

Telma disse...

Pego na caneta e registo a sensação que transmites...
Procuro a palavra, mas percebo de imediato que o gosto me leva a recantos semelhantes...
Serão as palavras encaixadas em textos vividos que nos fazem criar empatias? O que leva um estranho a "envolver-se" nas palavras de outro...

Não posso traçar um perfil(ainda)...
Seria como lançar palavras ao vento tentando fazê-las flutuar... mas posso te dizer, tens a capacidade de envolver, requinte de servir e colocas emoção em cada virgula...

Foi um prazer passar por aqui... :) Agora sim aceito a bebida...

Dry-Martini disse...

Minha cara Watson,
Mesmo para um ilustre detective não alcancei na plenitude :) Mas agradeço a sinceridade carinhosa e depois explicas-me convenientemente. Prometo também dizer de minha inteira justiça .)


Menina Joaninha (camuflada no anónimato),
Engana-se :) mas sou anti-extremismos e pré-concebismos-pré-feitos, duas características (da maioria... atente...maioria) dos vermelhinhos que conheço. Mas vindo de si, não lhe levo logicamente a mal .P


C...zinha,
“O melhor que podemos fazer pelos outros é inspirá-los”, pelo que não é algo meu, mas do exterior .)


3.14,
Obrigado pelas palavras elogiosas e nada matemáticas :)


SF,
Safou-se muito bem... não sei se gostei .P, mas temos tempo .)



Telma,
Será um prazer servir-lhe a bebida :)


Para os restantes que enviaram por email o meu sincero obrigado pelas palavras sinceras e muito curiosas :)

Lady_M disse...

Sempre gostei deste tipo de "jogos" no início das formações.
Os resultados finais eram sempre uma grande surpresa;)

Quanto a si, a primeira impressão que me deixou foi a de alguém organizado, cuidado, de gostos simples contudo apurados, amante de boas leituras e de boas músicas.

Extremamente charmoso na forma como escreve, deduzo que também o seja na forma como se relaciona com os outros.

janas disse...

o que foste perguntar...

achas que tens mais pinta que o James Bond...

és casado e tens pelo menos um filho, és um tretas e escreves/dizes o que sabes que as mulheres querem ler/ouvir...

usas o blog para engatar mulheres e consegues, até, enganar as inteligentes, mas isso não me espanta, já cheguei à conclusão que 90% das mulheres querem, ou preferem, ser enganadas, e a prova disso és tu e o teu blog...

"Notem que não pretendo um exercício narcísico ou de elevação do ego, antes pelo contrário, gostava de sinceridade e crueza absoluta."

impressionante que nem pões a hipótese de alguém não te elevar o ego...

queres crueza, toma lá, e agora eu quero que tenhas a coragem, tal James Bond, de não apagar o este comentário...

Afrika disse...

Juro que ia sinceramente ia tentar responder ao desafio... ate ter lido o comentário do Jonas!

E não tive que me preocupar em encontrar palavras lindas ou que ficassem bem, porque afinal ele/a disse tudo!

Beijinho

Dry-Martini disse...

Meu caro Janas,

Agradeço profundamente o comentário (e não estou a ser irónico). Fica a saber que este espaço é acima de tudo plural e aberto a opiniões, mesmo a que tem sobre a minha personalidade (que respeito) ou sobre as mulheres (que sinceramente não concordo de todo).

XinXin

Dry-Martini disse...

Minha Cara Afrika,

Nem parece teu... mas quem é que disse que eu quero coisas bonitas? É que mesmo feias preferia que viessem de ti .)

XinXin

Dry-Martini disse...

Minha cara M

Desculpe tê-la saltado, mas como é uma Lady por certo me perdoa. Obrigado por teres participado.

XinXin

Já agora, como estamos numa de charme inglês, só para que conste não acho grande piada ao James Bond e este nick é apenas por causa da bebida favorita

raquel disse...

apeteceu.me escrever aqui... porque li comentários que me revoltaram e eu que nada sei sobre si.
Sei apenas que temos a bebida favorita em comum, que gosto do que leio sem juízos de valor, gosto dos seus comentários ao meu blog... escreve simples e claro e eu gosto! hoje ouvi um professor dizer... às vezes lemos coisas simples e tão rápidas de chegar ao nosso pensamento que caímos no erro de achar que foram assim mesmo escritas de um modo despreocupado, mas na verdade são as que nos dão mais trabalho!

Um brinde!

Dry-Martini disse...

Obrigado Raquel,

É bom partilhar a bebida favorita e o estado de espírito .)

XinXin

Mlee disse...

Cá vai: inquieto, curioso, esteta e requintado.
Defeitos? terás certamente mas não tive a oportunidade de os identificar. :)

E já agora, quanto a certo assunto que se suscitou, acho sempre alguma piada a esses comentários feitos a blogs masculinos quando são maioritariamente frequentados por mulheres. Acho acima de tudo que "it takes two" e só é engatado quem anda à procura de engate... santa paciênia!

Beijinhos

Lady_M disse...

Meu querido Dry,

Jamais em momento algum o apelidei de Bond...
Gosto muito da bebida, já da personagem nem tanto;(

Tasha disse...

Várias vezes visitante, primeira vez num comentário. Mas o desafio foi posto com tanto jeitinho...
A primeira impressão que você me passou, e continua passando, é de calma. De uma placidez incrível. E por isso continuo voltando...
Talvez já tenham escrito isso, não li os outros comentários, mas essa é a minha sensação...

Dry-Martini disse...

Mlee

Obrigado por participares, mesmo que ocultando os defeitos .P

XinXIn

Dry-Martini disse...

Tasha

Seja bem vinda. Obrigado pela participação :)

XinXIn

Dry-Martini disse...

A todos os meus sinceros agradecimentos, sobretudo aos que evidenciaram os defeitos .)

XinXin

Quase disse...

Culto, inteligente, sensível. Em busca de quem o compreenda sem necessidade de palavras, apesar delas serem uma "arma" que maneja na perfeição.
É assim que eu o vejo, e já estava com saudades de vir aqui.
(Infelizmente o meu tempo disponível reduziu-se dramaticamente. Mas prometo que regressarei assim que me for possível)
Fique bem
XinXin

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin