12.09.2008

Natal desfocado

Pois é. Parece que estamos outra vez no Natal. Naquele das prendas fúteis e intermináveis. Naquele das filas nos shoppings. Naquele não saber o que se oferecer ou no ter já a lista de “encomendas” do que se quer. Naquele (mais grave ainda) não ter qualquer prazer em o fazer e mesmo assim ter de o fazer. Naquele ir ao El Corte Inglês (quase na véspera, a um dia de semana à noite) despachar tudo de uma assentada.

Parece que estamos outra vez no Natal. Naquela palavra antiga esvaziada de significado, vendida ao consumismo (até pareceu uma expressão comunista, quem diria?) Mas avante…

Estou a pensar seriamente em informar toda a família (pelo menos) e reverter todo o meu tempo, pachorra e dinheiro para uma instituição de caridade que de facto verdadeiramente precise e oferecer uma coisa tão simples como um postal a cada um. Com uma coisa sincera. Verdadeira. Sentida. Nem que seja “Este ano não me apetece dizer-te nada porque simplesmente e infelizmente nada tenho para te dizer. Desejo-te saúde. Que já não é nada mau para se desejar”. Que vos parece? Difícil de aceitar? Quer-me parecer que talvez seja.

No entanto, para ajudar ao consenso, sou capaz de exigir um pequeníssimo conjunto de prendas fúteis (mas que estou certo me assentariam muito bem) para ver se os demovo nos presentes. Para não ter de pensar muito podem ser (apenas, coisa simples) três acessórios indispensáveis a um Homem moderno:


Pronto, para quem não consiga mesmo resistir à vontade e insista mesmo em me oferecer algo pode ser um presente mais em conta:

E pronto. É tudo o que me apraz dizer sobre este Natal. E já sabem se me quiserem oferecer algo que não seja por escrita sentida. Tem de ser um dos presentes de cima. Arranjem-se!

14 comentários:

Doce Veneno disse...

Eu prevejo um Natal parecido com o teu. Época de hipocrisia, mentira e fachada. Não sei viver assim. Hei-de desertar sobre isto, aqui não.

Mas olhe, gostei dos ténis ;), bom gosto.

Beijo

Inês Brito disse...

O Natal já perdeu a piada há algum tempo...
O consumismo e a hipocrisiaa estão acima de tudo, unfortunatly.

Bj
(i)

najla disse...

Ora, todos nós nos queixamos da hipocrisia, mentira, consumismo e por aí fora....agora pergunto - para mim própria também - não estará na hora de nós próprios também mudarmos???? Não dependerá em parte de nós????

Beijos

Anónimo disse...

Hummm...
Já tentei essa de substituir os presentes por um cheque para o Natal dos sem abrigo...
Posso já adiantar que a família não aprovou a ideia...Pode ser que tenhas mais sorte.
Vou ver se cola o "ah, esqueci-me"!
: )

"A arte existe para que a verdade não nos destrua" - it's me again...

Afrika disse...

Engraçado mas desde que deixamos de ser crianças la em casa que as prendas de natal, são por norma sempre coisas úteis. Roupa, electrodomésticos, livros, sapatos, enfim... coisas que realmente precisamos e que não ficam a sobrar.

P.S mas posso desde já dizer que tens bom gosto !

Mlee disse...

Quanto ao feeling consumista da época, andamos todos sintonizados :)
Já quanto à escolha dos presentes para quem não consiga resistir ... tem classe o menino, muita pinta sim senhor!

xin xin

Dry-Martini disse...

Menina Doce Veneno,

Prezo em saber que me vai oferecer os ténis .P

XinXin

Dry-Martini disse...

Inês,

Que o diga o Peru :)

XinXin

Dry-Martini disse...

Najla,

Depende concerteza, dai a minha tentativa de oferecer os postais. Vou tentar ser acutilante ao ponto de me deixarem de oferecer prendas .)

XinXin

Dry-Martini disse...

Anónimo,

Quer ver que és da família do Jorge de Brito e queres voltar a financiar o benfica com a venda de alguns quadros? :)

XinXin

Dry-Martini disse...

Menina Afrika,

O meu postal para ti era definitivamente para nunca deixares de ser completamente criança .)

XinXin

Dry-Martini disse...

Menina Mlee,

Respondo-lhe com um slogan publicitário "Elegance is an attitude" .)

XinXin

deKruella disse...

O meu Natal vai começar este ano...assim o espero!

NO sorriso de uma criança :)

Dry-Martini disse...

deKruela,

Parece-me muito bem .)

XinXin

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin