6.18.2008

Mal-me-quer

Quer-me parecer que o mundo não faz sentido
Quer-me parecer que nunca fará
Quer-me parecer que está perdido ou nunca foi realmente achado
Quer-me parecer que estou um pouco desapontado
Quer-me parecer que quando deixar de me conseguir rir dele partirei
Quer-me parecer que já nada do que parece é
Quer-me parecer que estou-me borrifando para as aparências
Quer-me parecer que são insuportáveis certas indiferenças
Quer-me parecer que perco o meu tempo
Quer-me parecer que pareço um pouco perdido
Quer-me parecer que o importante são pequenos nadas
Quer-me parecer que apenas me agradam as coisas mais simples e imutáveis
Quer-me parecer que nada sei delas realmente
Quer-me parecer que tenho pena
Quer-me parecer que o amanhã está longe ou perto demais

Mal-me-quer? Bem-me-quer? Muito? Pouco? Nada?

4 comentários:

Lover disse...

saudades de apanhar um e "jogar": bem-me-quer, mal-me-quer...ainda que receie sempre um mal-me-quer...mas um destes dias, junto ao Mondego, não resistirei apanhar um e tentar a sorte de saber se...mal-me-quer...bem-me-quer...

XinXin

p.s. - Boa sorte para si! ;)

Andrómeda disse...

Pois olhe, eu bem lhe quero. Serve? :)

SF disse...

Volta e meia também sinto isso.
Mas, como alguém me disse um dia... TUDO!!! :)
Beijinhos

Lover disse...

Bem-me-quer...foi o resultado! :)
(e não fiz batota...direito a juri)

Bom fim-de-semana!

XinXin

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin