3.25.2007

O pior português

António de Oliveira Salazar
Três nomes em sequência regular...
António é António
Oliveira é uma árvore.
Salazar é só apelido.
Até aí está tudo bem.
O que não faz sentido
É o sentido que isso tudo tem


Fernando Pessoa


O pior português é a ignorância. A total indiferença pela história, a falta de fascínio pelo conhecimento e saber. O facilitismo apático da crítica sem acção. Um amorfismo pantanoso que nos afunda lentamente, parados no tempo, num sabe tudo analfabeto.

O pior português é a falta de educação que coloca no mesmo saco génios e vulgares, sufocando tudo como erva daninha. É o ser cigarra invejando a formiga, achando tudo cair dos céus.

O pior português é sobretudo não dar valor à liberdade trocando-a por uma suposta segurança: podre, monótona, de foros e quintais.

Embaraçoso. Quase vergonhoso este Portugal secular mas de tão pequena memória, que prefere ditadores e opressores a descobridores e poetas.

2 comentários:

Andrómeda disse...

Não podia tê-lo dito melhor ...

lilaz disse...

Olá.!
Completamente de acordo.Com o poeta, com a sua escrita, com o comentário.

Assíduos do shaker

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin